Titulo da Imagem
Titulo da Imagem
Titulo da Imagem
São Jorge guerreiro, sua autoridade, seu significado e seu verdadeiro valor à Umbanda

Precisamos voltar no tempo para entender a mistura desse secretismo em torno desse grande patrono dá Umbanda. Ogum, Deus da guerra, agricultura, ferro, metais e tecnologia são algumas das qualidades dadas a ele, no Candomblé ele é considerado o principal orixá a descer do Orun (o ceu) para o Aiye (a terra) após a criação, um dos semideuses visando a uma futura vida humana. Porém podemos ver o culto a essa força em tempos remotos de povos primitivos como os celtas que tinham o culto a essa divindade, esse culto chama-se “Beltane” e ainda hoje é praticado.

No Brasil São Jorge é cultuado na umbanda no RJ, SP, RS e na maioria dos outros estados, exceto na Bahia que devido a influência holandesa ele é cultuado como santo Antônio. Suas principais cores, são: o vermelho, ou azul escuro na Umbanda e verde, vermelho e branco no RS, porém a cor dada a ele é determinada pelos guias conforme o reino e Orixás que serve. Senhor da espada, facão, corrente de aço, tradicionalmente um guerreiro uma poderosa divindade dos trabalhos em metal e senhor da guerra. Ele na Umbanda é representante da lei e a força incontrolável e que domina, senhor dos caminhos do movimento rondeiro aquele que controla os choques, patriarca do exército, senhor das armas.

Ele simboliza o poder do sangue que corre nas veias, o senhor da manutenção da vida. Uma energia que faz presente nos momentos de impactos ele representa a jornada nossa no dia a dia. Ele representa a convicção! À vida em sua plenitude uma imensa força impulsiva que sempre surge no caminho dos seus filhos por onde for e os faz sempre vencedores. Sua presença na Umbanda se faz presente nas cantigas que são entoadas nos templos onde se faz referência à Aruanda (cidade do rio azul) e nas batalhas vencidas por ele nos campos de Humaitá com a força de Oxalá.

E diferente do Candomblé, na Umbanda, São Jorge é visto como o chefe máximo das falanges dos Oguns atuantes nas linhas de Umbanda, que trazem a vibração de Ogum e tem a forma de caboclos cada qual responsável por um ponto de força na natureza, ex: Ogum rompe mato (guardião das matas) megê (cemitério) Beira mar, sete ondas, sete pedreiras, Naruê e sem esquecer a primeira entidade a descer no ritual de Umbanda e atuar desmanchando trabalhos pesados de alta magia, no Médium fundador da Umbanda saudoso Zélio de Moraes o Sr. Ogum Malê.

E essas entidades no ritual genuíno de Umbanda falam e dão consultas. Quando de sua incorporação dão uma espécie de “Brado” que num bom Médium se entende bem as duas sílabas da palavra OG-UN como invocação à vibração que o ordena. Já sua simbologia como morador dá lua vem do oriente e tem a ver com astrologia oriental. Já sua data comemorativa vem da religião cristã trazida pelos europeus e faz referência à data em que segundo a lenda cristã o imperador Deocleciano ordenou a decapitação de um valente general de seu exército por ele se negar a renegar sua fé cristã. Segundo a lenda, isso teria ocorrido no dia 23 de abril de 303 DC. Daí o dia ser dedicado ao mártir cristão.

E a Umbanda por sofrer forte influência do catolicismo adotou também essa data para render sua devoção a esse grande patrono umbandista. Isto exposto é fácil concluirmos e perceber que os símbolos são universais e que Ogum consegue fazer uma ponte entre povos e culturas aparentemente distintas no tempo e no espaço. Desde os mitos do norte da Europa até os Orixás africanos, passando pela cultura cristã, portanto independente de ser chamado de São Jorge/Ogum/Cavaleiro/Guerreiro ele está sempre presente nas energias e no imaginário popular ou mesmo das elites. Enfim, independente da vertente ou do simbolismo a verdade é que seja como Ogum ou como São Jorge, essa energia poderosa vem através dos tempos dando prova de sua força e poder auxiliando os que recorrem à sua ajuda. Salve são Jorge guerreiro, salve meu pai Ogum.

(Sacerdote Irbs Santos)

 

(67) 3022-4482

(67) 99261-8495 Irbs

Rua Dinarte Antunes Moreira, 509

Bairro Conjunto União 2

CEP. 79091-521 - Campo Grande/MS