Titulo da Imagem
Titulo da Imagem
Titulo da Imagem
A Umbanda a caminho da “Nova Realidade Nova Era”.

O chamado acima vem sendo divulgado dentro de uma nova visão sobre a
realidade que vamos vivenciar daqui em diante.

Muitos eventos preliminares
que afetarão a vida das pessoas até de forma global já sinalizam o nível de
pressão psico-emocional que a humanidade de alguma forma vai passar. A
transformação que ocorre no mundo já é visível.

O processo de despertar da consciência já não é mais o foco principal dos
nossos trabalhos, que foi realizado durante os últimos quatro anos. Agora a
meta é começar a trabalhar, arregaçar as mangas e se preparar. Tudo leva ao
treinamento, estudo e prática. Apenas os que não fazem parte da nova Era
neste planeta, mostram desinteresse e omissão sobre este assunto e nada
farão em relação aos preparativos que são necessários para ultrapassar este
período de transformações no planeta.

O tema deste artigo sobre a Umbanda é de suma importância e tem um
significado profundo na sua natureza, essência e realidade. Será através de
seus médiuns que diversas pessoas na primeira fase desta transformação
planetária receberá o socorro, apoio e atendimento. O conhecimento existente
em vários níveis e graus dentro da Umbanda pode salvar vidas, promover curas
e orientação durante e após os Eventos na superfície deste orbe terrestre.

Por que será assim? E por que os Médiuns?

É do conhecimento das pessoas despertas que no decorrer do tempo, o acesso
aos meios convencionais e tradicionais de cura no plano físico sofrerá
abalos e danos que poderão impedir o uso e até a execução dos trabalhos,
devido à falta de suprimentos, medicamentos, de energia elétrica, água e
saneamento básico.

Na atualidade a falta de especialistas médicos para o atendimento da
população é recorrente, imagine então nesta época? A perda de muitas pessoas
que poderiam atuar no socorro e na cura ocasionaria o desequilíbrio no
atendimento.

A intenção não é de promover medo, receio ou pânico, mas ao contrário
incentivar o estabelecimento de preparativos, visto que muitas pessoas podem
precisar de ajuda e amparo. É preciso buscar soluções agora para seja
possível criar mecanismos de prevenção, suporte e logística às unidades de
socorro em caso de ocorrência de desastres naturais ou globais.

Os médiuns capacitados a atuar neste tipo de assistência, com a
possibilidade de se incorporar médicos que já desencarnaram e que possuem as
habilidades e o conhecimento médico praticado durante encarnações regressas,
muitas vezes precisam apenas do suporte físico de um corpo carnal para poder
atuar.

Outros médiuns podem atuar no suporte aos médicos incorporados na
assistência espiritual, preparando medicamentos baseado no uso de ervas
medicinais e de outros métodos de cura. Há centenas, milhares de entidades
espirituais prontas para servir nesta ação humanitária. Assim, os médiuns
podem se torna canais preparados para a execução deste tipo de missão
crística.

Atuam à partir dos planos invisíveis e sutis mais próximos da realidade
física, a manifestação destas entidades ocorre no nível umbralino devido ao
uso da energia de ectoplasma utilizadas na cura do corpo físico. A energia
telúrica que é a base de sustentação do corpo carnal é facilmente empregada
durante os procedimentos de cura. E o Povo de Aruanda está entre os maiores
conhecedores desta arte divina da Criação.

O conhecimento de médiuns na área de terapias holísticas pode potencializar
ainda mais a atuação das entidades espirituais, complementando o atendimento
no nível físico, onde o processo final da cura se realiza. No futuro, assim
como foi no passado, onde houver um médium será possível o exercício da cura
de uma comunidade inteira. Um médium é capaz de manter sua conexão com os
mestres, mentores e guias espirituais, de onde provêm todo o conhecimento
humano e espiritual da cura.

Enquanto a medicina tradicional busca resultados através da transformação
química obtida nas indústrias farmacêuticas, as entidades espirituais
trabalham com a própria essência dos reinos da natureza, os seres
elementais. Um atua pelo efeito de cada elemento e o outro atua pelo
conhecimento da causa e existência deste. Enquanto um ser encarnado apenas
vê a sombra e o contorno do efeito de uma doença, a entidade espiritual tem
a visão da causa e suas origens até nos quatro corpos inferiores, podendo
acessar o registro akáshico da origem do mal que acomete o corpo de um
determinado indivíduo.

Outro ponto de extrema importância na atuação dos médiuns está diretamente
ligado aos casos de obsessão, possessão, desequilíbrios psico-emocionais que
ocasionam distúrbios, transtornos e até confinamentos para tratamento
psiquiátrico, muitas vezes sem solução. As entidades espirituais oriundas da
Umbanda, o Povo de Aruanda, são altamente capazes de resolver estas questões
de forma prática e eficaz. Já que muitas fontes destes transtornos estão no
Umbral.

E no serviço ao Pai Criador e à Mãe Divina, o propósito de servir no Amor e
na Caridade que é a ação da Umbanda, a religião oficialmente reconhecida
como genuinamente brasileira.

E aqui, nesta região central do Brasil, está previsto o renascer da Luz que
irá iluminar o mundo na Nova Era.

Assim foi escrito nas estrelas. Assim É Assim será e se manifestará!

Os Templos Atlantes, Celtas e a Umbanda

Eram funções dos sacerdotes e sacerdotisas na época da Atlântida, na
civilização Amazônica e depois durante a civilização Céltica, o atendimento
da população na área da saúde, educação, além das atividades religiosas.

Havia templos específicos para o atendimento, orientação e assistência,
incluindo os cuidados com as crianças, idosos e doentes prestando-lhes todos
os amparos necessários para a manutenção da condições humana e espiritual,
propiciando o completo apoio, socorro, prestação dos serviços de assistência
e educação.

O sacerdócio começava já na infância com a identificação das crianças e suas
aptidões futuras. Eram direcionadas e conduzidas para os estudos
relacionados às respectivas missões de vida.

Todos passavam pela fase do discipulado, onde aprendiam o conhecimento da
ciência sagrada e da magia divina, que abrangiam um imenso campo de estudos,
pesquisas e práticas. Os rituais eram atividades sagradas e consolidadas nas
suas consciências.

Dominavam as artes, medicina, filosofia, história, política e ciências
ocultas.

A Umbanda foi instituída com este propósito divino de perpetuar a verdadeira
essência da manifestação da Hierarquia espiritual através das entidades que
atuam na Lei do Amor e da Compaixão, sendo a Caridade uma das suas maiores
ações.

http://ernesto-shimabuko.blogspot.com.br/2017/06/umbanda-e-nova-era.html?m=1

(67) 3022-4482

(67) 99261-8495 Irbs

Rua Dinarte Antunes Moreira, 509

Bairro Conjunto União 2

CEP. 79091-521 - Campo Grande/MS